The Dark artefices- Cassandra Clare

New Post has been published on Idris

New Post has been published on http://idris.com.br/2015/03/09/cassie-fala-sobre-emma-e-julian-e-papel-e-experiencia-de-homens-e-mulheres-relacionamento/

Cassie fala sobre Emma e Julian e do papel e experiência de homens e mulheres no relacionamento

Em pleno Dia Internacional da Mulher, algumas pessoas ainda são condicionadas (ou preferimos pensar assim) a acreditar que em um relacionamento heterossexual, ou na sociedade no geral, homens e mulheres têm seu papel definido, e isso não pode ser mudado. Caso contrário, gera estranhamento.

E um fã disse à Cassie que acha estranho em Os Artifícios das Trevas a Emma ter tido alguns namorados e ter feito sexo, enquanto o Julian ainda é virgem. E como sabemos que muito provavelmente os dois se envolverão em um romance, isso significaria que ela teria mais experiência nesse campo que ele.

A Cassie foi bastante didática em sua reposta, e mostrou mais uma vez que as mulheres podem sim se sobressair sobre os homens, sem regra ou exceção. Confiram o post traduzido abaixo!

Olá Cassie. Eu sei que você está sempre muito ocupada, mas eu tenho essa pergunta na minha mente por um mês mais ou menos e eu não tenho nenhuma ideia de como eu posso responder a isso e porque é sobre Julian e Emma eu pensei que você pode responder a isso. Eu queria saber por que você decidiu mudar o papel e fazer Emma a única com experiência e Julian quem nem sequer tinha uma namorada. Porque eu acho que vai ser muito estranho e, provavelmente, o que significa que Julian é super tranquilo e provavelmente tímido. Eu sei que é uma coisa estúpida, mas várias pessoas estão perguntando a mesma coisa, então eu ensinou que você pode responder a isso, para me fazer e aos outros fãs, felizes. — Hgcastloveyou
Há um monte de coisas para organizar nesta pergunta.

Em primeiro lugar, a ideia de “inverter os papéis”. Bem, isso só se aplica se você estiver cortando uma visão de um mundo que combina com romances que foram escritos há vinte anos — que todos os romances estão entre uma garota virgem corada e um muito experiente homem. Não é como se nós não vemos esse ponto de vista muito tradicional no entretenimento popular agora (Cinquenta tons de Cinza) — mas isso não significa que não há qualquer razão narrativa real para cumpri-la, exceto o pensamento que você deve dar às pessoas o que elas esperam, porque elas esperam.

Essa ansiedade não é sobre sexo. É sobre o poder. Trata-se da ideia de que a experiência sexual combina com outras “marcas de poderes” que são codificadas como masculino: riqueza, poder dinástico, fama. Trata-se da ideia de que uma mulher com mais poder do que um homem é algo desconfortável, e um profundo desconforto relacionado com a ideia de que se Emma já namorou antes, e Julian não namorou, e ela tem mais experiência do que ele, isso significa que ela tem mais poder do que ele tem/vai passar por cima dele/ela vai ser uma covarde.

Agora, isso não é como se não tivesse romances assim que não se reverta a isso, com grande sucesso. Pense Outlander. Não há nada de “estranho”, sobre o fato de que Claire tem experiência e Jamie não. Isso não significa que ela tem todo o poder. Isso significa que eles têm o poder em diferentes arenas de suas vidas. É também útil para mostrar que o sexo não é necessariamente uma marca de poderes. Às vezes, o sexo é apenas sexo.

Não sei porque o Julian não tendo experiências com namoro significaria que ele é tímido e calmo. Simon, Will, Jem, Alec, Gideon e Gabriel, nenhum deles já havia namorado, nós só os vimos com seus primeiro(as) namorados(as) . Will é o oposto de tímido e calmo. Não é como se os homens transassem e virassem mestres do universo, capazes de matar demônios e resgatar donzelas de um jeito que não eram antes.

Emma é mais velha que Clary, que começou no livro com 15 anos. Emma tem 17, quase 18 anos, é normal que uma garota dessa idade tenha tido sexo consensual com um namorado antes e continue sendo uma garota normal. Clary era virgem, Jace não. Tessa e Will eram virgens. Nesse caso, Emma não é virgem e Julian é. Não estou “invertendo os papeis”, apenas explorando um cenário diferente.

Julian não evita sexo porque ele é tímido. Ele evita sexo, assim como relacionamentos, porque ele possui segredos que não pode contar, e não quer dormir com alguém com quem não possa confiar seus segredos. É a escolha dele, e é uma escolha adequada para o seu personagem, mas isso não significa que ele é fraco ou não é atraente ou não consegue se relacionar com as pessoas, ou que a relação dele com a Emma é “esquisita”. Acho que é um bom momento para eu dizer que Lady Midnight pode não ser o livro que vocês esperam. Não tem como saber tão cedo assim como é o relacionamento das pessoas e como isso se desenvolve. Emma e Julian são parabatai quando o livro começa, e esse é o relacionamento que eles tem, e se Julian se tornasse algo a mais para Emma e eles tivessem um relacionamento amoroso, ele não seria tão babaca a ponto de se importar com o fato de que ela já teve namorado(s). E isso já são muitos “se”.

Mesmo que o relacionamento “tradicional” consista em um homem experiente e uma mulher sem experiência, não tem porque todo mundo escrever só esse tipo de relação. Se todos os livros fossem sobre o mesmo relacionamento, o mundo seria um lugar chato!

Que orgulho de ser fã de uma mulher tão inteligente e que inspira a mudança para o bem! Feliz Dia da Mulher para todas as shadowhunters que estiverem lendo esse post. Mesmo que já tenha passado a data, afinal, adoraríamos ver uma realidade em que a afirmação e celebração desse dia

não seja mais fundamental, pois nos outros 364 dias do ano somos tratados com igualdade.

switching roles

Hello Cassie. I know you’re always very busy but I have got this question on my mind for one month more or less and I don’t have any idea of how I can answer that and because it is on Julian and Emma I taught that you can answer that. I wanted to know why you decide to switch the role and make Emma the one with experience and Julian the one who doesn’t even had a girlfriend. ‘Cause I think it’s going to be pretty awkward and probably that means that Julian is super calm and probably shy. I know it is a stupid thing but a lot of people are asking the same thing so I taught that you can answer that, to make me and the other fans happy. — hgcastloveyou

There’s a lot of stuff to unpack in this ask.

First, the idea of “switching roles.” Well, that only applies if you are hewing to a world view that matches up with romance novels as they were written twenty years ago — that all romances are between a blushing virginal girl and a very experienced man. It’s not like we don’t see that heavily traditional view in popular entertainment now (Fifty Shades of Gray) — but that doesn’t mean there’s any real narrative reason to stick to it except the thinking that you should give people what they expect because they expect it.

This anxiety is not about sex.  It is about power. It is about the idea that sexual experience matches up with other “power markers” that are coded as masculine: wealth, dynastic power, fame. It is about the idea that a woman with more power than a man is an uncomfortable thing, and a deep seated discomfort with the idea that if Emma has dated before, and Julian hasn’t, and she has more experience than him, than that means she has more power than he does/will run roughshod over him/he will be a wimp.

Now, it isn’t like there aren’t romances that don’t flip this stuff, with great success. Think of Outlander. There is nothing “awkward” about the fact that Claire has experience and Jamie doesn’t. It doesn’t mean she has all the power. It means they have power in different arenas of their lives. It also is useful in showing that sex isn’t necessarily a marker of power. Sometimes sex is just sex.

I have no idea why Julian not having dated before means he would be shy and calm. Simon, Will, Jem, Alec, Gideon, Gabriel — none of them dated before; we’ve all seen them with their first girlfriends/boyfriends. Will is the opposite of shy and calm. It’s not like men have sex for the first time and then become masters of the universe, capable of slaying demons and rescuing maidens in a way they weren’t previously.

Emma is older than Clary. Clary started out at fifteen in the books: Emma is seventeen, almost eighteen. It should be okay for a girl that age, in a book, to have had safe consensual sex with a boyfriend before, and to continue to be a normal girl. Clary was a virgin; Jace wasn’t. Tessa and Will were both virgins. In this case, Emma isn’t a virgin and Julian is. I’m not flipping roles so much as exploring different configurations.

Julian is not avoiding sex and relationships because he is shy. Julian is avoiding sex and relationships because he has secrets he can’t share, and he doesn’t want to sleep with someone he can’t share his personal secrets with. That’s his choice, and it’s a reasonable one for the character — but it doesn’t mean he’s weak or undesirable or unable to connect with other people. Or that his relationship with Emma is “awkward.” I think here is where I should say that it is a good idea to keep in mind that Lady Midnight may in no way be the book you expect it to be. There’s no way, at this early stage to know what it’s like/about/what the relationships are/how they play out. Jules and Emma are parabatai — as the book opens, that’s the only relationship they do have, and if Julian were to become more to Emma, and they had a romantic relationship, he would not be so much of a huge a-hole as to hold it against her that she had boyfriend(s) before. And that is already a lot of ifs.

Though the “traditional” relationship may be experienced man + inexperienced woman, there’s no reason for all of us only to ever write that one kind of relationship. If all books were about the same relationship, the world would be a boring place!

Advertisements

Throne of Glass Spinn-Off x Sam Cortland

PicsArt_1414280851967

Italian version:http://www.wattpad.com/story/25173408-il-trono-di-ghiaccio-spin-off-x-sam-cortland

Englesh version :http://www.wattpad.com/story/25270093-the-throne-of-glass-spinn-off-x-sam-cortland

Spanish version : http://www.wattpad.com/story/25270285-el-trono-de-cristal-spinn-off-x-sam-cortland

Have you read the throne of glass? The Maas broke your heart too? Tell the truth!
It’s been weeks now but if you still feel his name and the word “The assassin and Empire Chapter 10” burst into tears and shakes his chest right?
If it is not then go read them now.
If it is (that is, as half the world) then you will worship me and my super fan.
Why the world will never forget Sam Cortland.
Word Dordine this accanitissimo fans is:
My name is Sam Cortland and not be afraid.
Follow me on instagram, tweeters, tumbrl, pinteresr and we heath as it ilreleonewikia please wait for another one of my new post!

Shadowhunters da film A SERIE TV?!!!!!!

Quello che dice Taylor…..

taylor es 27xgwut

Si ok lasciamo stare e cco come è la situazione…

Shadowhunters diventerà una serie televisiva! Questa la grande notizia che circola da alcune ore in rete e che, forse, farà felici molti fan della saga di romanzi urban fantasy scritta da Cassandra Clare e ambientata a New York. Il film tratto dal primo libro è stato interpretato da Lily Collins e Jamie Campbell Bower, e ora i fan hanno invaso Twitter con l’hashtag #DontChangeTMIcast per chiedere di mantenere lo stesso cast!

La serie è composta da diversi romanzi: Shadowhunters – Città di ossa (The Mortal Instruments – City of Bones) pubblicato in Italia il 6 novembre 2007; Shadowhunters – Città di cenere (The Mortal Instruments – City of Ashes) pubblicato in Italia il 9 settembre 2008; Shadowhunters – Città di vetro (The Mortal Instruments – City of Glass) pubblicato in Italia il 1° settembre 2009; Shadowhunters – Città degli angeli caduti (The Mortal Instruments – City of Fallen Angels) pubblicato in Italia il 25 ottobre 2011; Shadowhunters – Città delle anime perdute (The Mortal Instruments – City of Lost Souls) pubblicato in Italia il 16 ottobre 2012; Shadowhunters – Città del fuoco celeste (The Mortal Instruments – City of Heavenly Fire) pubblicato in Italia l’8 luglio 2014.

Il primo film, Shadowhunters – Città di ossa, diretto da Harald Zwart, è uscito nelle sale cinematografiche americane il 23 agosto 2013 (in Italia è stato distribuito dalla Eagle Pictures il 28 agosto 2013), ma purtroppo non ha riscosso il successo sperato al botteghino. :cry:
Così, la Costantin Features, che ha acquistato i diritti d’autore di tutti i libri pubblicati, ha annunciato che gli altri capitoli diventeranno una serie televisiva. La Constantin ha assunto lo scrittore e produttore Ed Decter, mentre il progetto è tuttora in fase di sviluppo e la produzione è attesa per il prossimo anno, anche se ancora non è stata annunciata la rete che trasmetterà la serie.
Martin Moszkowicz direttore della Constantin film and TV, ha dichiarato “C’era molto del libro che abbiamo dovuto tener fuori dal film di Mortal Instruments. Nella serie avremo la possibilità di tuffarci ed esplorare questi mondo con maggiore profondità e attenzione ai dettagli. :wink:

Nonostante il flop cinematografico, la notizia della serie TV potrebbe essere positiva, ma i fan della saga temono ora uno sconvolgimento nella composizione del cast: nel primo film, la protagonista Clary Fray è interpretata da Lily Collins, Jace Wayland da Jamie Campbell Bower, Isabelle Lightwood da Jemima West, Simon Lewis da Robert Sheehan, Alec Lightwood da Kevin Zegers, Magnus Bane da Godfrey Gao, Jocelyn Fray da Lena Headey, Hodge Starkweather da Jared Harris, Luke Garroway da Aidan Turner, Valentine Morgenstern da Jonathan Rhys Meyers, Madame Dorothea da CCH Pounder, Emil Pangborn da Kevin Durand e Samuel Blackwell da Robert Maillet.

Cosa accadrà? Segui la discussione su Twitter con #DontChangeTMIcast e raccontaci cosa ne pensi!